Blog

Atravessar a enchente ou não? Saiba quais são os principais prejuízos de carros na enchente e o que fazer nesse caso

carro de enchente vai para leilao

Frequentemente, nas grande cidades, principalmente no verão como aconteceu agora em São Paulo e Belo Horizonte, a cena mais comum de ser ver são os carros boiando nas enchentes. Isso acontece porque os volumes de chuva dessa época do ano são bem maiores do que as cidades conseguem suportar. Sendo assim, saiba quando vale a pena atravessar a enchente ou não, para poder evitar prejuízos.

Antes de tudo, devemos alertar para um dos problemas que mais pegam de surpresa os compradores de carros, principalmente de carros usados e seminovos: 

Atenção: Muitos carros com PT ou muito danificados vão para leilão!

Portanto, se está procurando um carro seminovo ou usado, tem como saber se ele é de leilão ou não. 

Para isso, você pode fazer a consulta de leilão da Olho no Carro e ter certeza antes de comprar!

Mas, se antes você quiser entender mais sobre o que é um carro de  leilão, leia nosso artigo sobre o assunto: Como saber se o veiculo é de leilão?

Agora vamos aos cuidados que você deve ter caso seja pego de surpresa em uma enchente:

1 – Preste atenção na altura da água

Primeiramente, antes de decidir atravessar uma enchente, o melhor é tentar medir qual é a altura da água. Para que você evite problemas, o ideal é que a altura da água não ultrapasse a metade da roda do carro. Dessa forma, você evita que a água chegue ao motor do carro por meio dos dutos de ar na hora de atravessar a enchente.

2 – Ao atravessar a enchente fique atento à rotação do motor

Caso você tenha chegado à conclusão de que e melhor escolha é atravessar a enchente, preste atenção à rotação do motor. Para a sua segurança, nessas condições, o ideal seria manter a rotação entre 1500 e 2000 rotações por minuto. Dessa forma, com a saída de gases pelo escape você pode impedir a entrada de água.

Além disso, é aconselhável não trocar de marcha ou, caso isso não seja possível, é preciso manter o pedal do acelerador pressionado ao realizar a mudança de uma marcha para outra. Assim, o risco da água entrar pelo escapamento também é menor.

Para carros automáticos a dica é travar o câmbio em uma marcha baixa e prosseguir assim por todo o trajeto.

3 – E se você for tentar atravessar a enchente e o carro morrer?

Nesse caso, a dica mais importante, é evitar tentar dar a partida no carro novamente. Afinal, isso pode fazer com que a água seja sugada para dentro do motor. 

Portanto, se você for atravessar uma enchente e se encontrar numa situação assim, é melhor chamar um guincho!

4 – Como saber se a água já chegou até o motor e o que fazer?

Primeiramente, abra o capô e veja o filtro de ar. Se ele estiver encharcado há uma grande probabilidade de que a água já tenha chegado até o motor. Nesse caso, o ideal é que o carro seja levado pelo guincho até a oficina mais próxima.

Provavelmente, na oficina, o mecânico irá retirar as velas e com uma bomba manual vai drenar a água que pode ter atingido a área dos cilindros. Após isso, as velas vão ser reposicionadas e ele vai tentar ligar o carro. Assim, caso o carro ligue normalmente, basta trocar o óleo e seguir viagem.

Mas, caso o carro não ligue, quer dizer que o motor travou e, por isso, vai precisar de reparos mais severos.

Esse fato aconteceu com uma Lamborghini em São Paulo, durante as fortes chuvas do verão de semana passada. O carro de luxo, estimado em 1,6 milhões,  ficou submerso em água e seus danos ainda estão sendo calculados, mas podem chegar a ser de até 80% segundo o preparador.

Lamborghini Huracán avaliada em R$ 1,6 milhão foi pega por alagamento em São Paulo — Foto: Fernando Santos/Arquivo Pessoal

Então, vale lembrar que, a agilidade para levar o carro até a oficina é essencial para evitar que o carro chegue ao ponto de ter prejuízos mais graves no motor.

5 – Meu carro deu PT, e agora?

Antes de mais nada, se considera Perda Total os casos em que os reparos no carro compreendem mais do que 70% do valor dele. Logo, se você tentou atravessar a enchente, levou o carro a uma oficina e chegou a conclusão de que esse é o seu caso, há duas opções:

Caso você tenha o seguro do carro, é de responsabilidade da seguradora fazer uma avaliação minuciosa do seu caso e decidir indenizá-lo pela perda. Porém, vale lembrar que ao atravessar uma enchente sem ter as devidas condições, pode ser entendido pela seguradora que você teve uma atitude imprudente e isso pode dificultar a indenização por parte da seguradora.

Se você não tem seguro, seu carro irá para leilão – conforme informamos no início do texto. Isso acontece com carros que não têm mais condições de circular, ou têm alguma pendência que impeça que ele seja transferido para outra pessoa por vias normais.

Ver também: Como descobrir se o veículo é clonado?

Enfim, são muitos os fatores que influenciam na decisão de atravessar uma enchente ou não, portanto fique sempre atento às dicas para não correr riscos ou ter que arcar com grande prejuízos.

  • Compartilhe essa informação para um amigo, ela pode ser útil para ele também:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Fechar