Ano de fabricação e ano do modelo: atente-se ao carro de duas cabeças

fique atento compra carro novo ano de fabricação

Você já ouviu falar em carro de duas cabeças? Embora o assunto não seja tão novo assim, muitos consumidores têm dúvidas sobre essa questão e acabam sendo prejudicados durante uma compra ou venda de veículo.

Isso porque, essa questão influencia diretamente no preço do veículo. É possível que alguém compre um carro de duas cabeças por um valor muito acima do mercado e no momento da venda se depare com uma queda gigantesca do preço.

Para contornar essa situação, a melhor forma é a informação. Por isso, nesse artigo você irá encontrar tudo o que é preciso saber sobre os carros de duas cabeças e assim proteger o seu bolso.

Saiba se um carro tem duas cabeças de forma rápida e fácil!

Ao fazer a consulta completa da Olho no Carro, você pode ter acesso ao histórico completo do veículo que você pretende comprar e evitar diversos problemas. Apenas pelo número da placa do veículo, você pode saber informações sobre sinistro, leilão, roubo e furto, restrições, débitos, multas e muito mais. Assim, você garante a melhor compra do seu carro usado!

O que é um carro de duas cabeças?

Esse termo ganhou popularidade em 2001, quando entrou em vigor a portaria 23/2011 do DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito). Nesse documento, existe a previsão de que o veículo deve ter o ano de fabricação igual ao modelo, no entanto, existe uma tolerância de um ano, a mais ou a menos.

Por exemplo, digamos que você adquiriu um carro deste ano (2021), fabricado em dezembro de 2020 e com o modelo também de 2020. O que isso significa? Que embora sua compra tenha sido efetuada no ano seguinte, modelo e fabricação são correspondentes (ou seja, ele tem apenas uma cabeça). Agora, se você efetua a compra na mesma data, mas o veículo tiver sido fabricado em janeiro de 2020, então você está diante de um “carro de duas cabeças”, onde o ano de fabricação é 2020, mas o modelo é 2019.

Como saber o ano de fabricação e o ano de modelo do veículo?

Para descobrir se o carro ou moto do seu interesse tem duas cabeças, basta olhar o documento do veículo. Mas, na maioria das vezes, em um início de negociação ou em compras pela internet, em um carro barato da OLX, isso não é possível.

Então, procure sempre fazer uma pesquisa do histórico veicular do carro que está negociando. Basta consultar na Olho no Carro, apenas do número placa do carro ou moto, para ter acesso ao documento online do veículo.

Passo-a-passo para saber se o carro é de duas cabeças:

  1. Anote a placa do carro de seu interesse
  2. Entre no site da Olho no Carro
  3. Selecione a consulta “Veículo completa” ou clique aqui para ir diretamente a essa consulta. A consulta é super barata e sai na hora!
  4. Com o laudo em mãos, atente-se aos anos de fabricação e modelo.

Além disso, com essa consulta, você pode conferir o ano de fabricação, o modelo e ainda saber se há notificação de recall.

Fique atento para fazer a melhor negociação!

Esteja você comprando ou vendendo o carro, o veículo, se for de duas cabeças, abre espaço para abaixar o valor do carro e renegociação.

Carro de duas cabeças pode ser uma cilada?

A grande dúvida é: é ruim adquirir carros de 2 cabeças? Não há nada de errado em adquirir um carro “de duas cabeças”. Isso porque, os defeitos não são mecânicos ou estruturais, ele é um carro como qualquer outro no sentido físico. São apenas questões cadastrais que desfavorecem o veículo e diminuem seu preço de mercado.

Portanto, se você pagou o preço justo por aquele veículo, não há nada de errado em adquirir um, desde que você saiba que também o venderá por um valor inferior ao seu “irmão de uma cabeça”.

Porque o carro de duas cabeças desvaloriza?

O que explica a sua desvalorização, é que as montadoras geralmente vendem os veículos zero com um ano à frente do modelo. Por exemplo: ano de fabricação 2019, mas o modelo é de 2020. Dessa forma, os modelos que estão saindo nessa data, já contém toda as atualizações do ano seguinte.

Se as mudanças de um modelo para o outro forem simples, não há um valor muito grande na desvalorização. Na verdade, muitas vezes não há valor algum. Mas, se a montadora optou por repaginar completamente o modelo e criou um visual diferente, como aconteceu com o Honda Civic, por exemplo, o modelo anterior desvaloriza consideravelmente, mesmo que fabricado no mesmo ano.

Portanto, é importante ficar atento a esse aspecto na compra do seu próximo veículo!

Gostou dessa dica? Não deixe de ficar ligado para mais informações aqui no blog da Olho no Carro!

Veja também:

  • Compartilhe essa informação para um amigo, ela pode ser útil para ele também:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Fechar