Aprenda a usar o extintor automotivo da forma certa!

Desde 2015 os extintores não são mais obrigatórios para carros de passeio. Mas, a verdade é que muitos carros pegam fogo por causa de problemas mecânicos. Então, ter um extintor automotivo disponível e saber usá-lo da forma correta, ajuda a evitar problemas maiores.

Você costuma comprar carros usados? Então se liga nesta dica:

Com a consulta completa da Olho no Carro você pode saber se o carro já foi roubado, batido, de leilão, se tem restrições, débitos, multas e muitas outras informações que te ajudam a ter mais segurança na negociação dos veículos.

Primeiramente, é necessário que você saiba quais são os tipos de extintores de incêndio que existem e em quais momentos eles devem ser usados:

A

É o tipo de extintor usado para combater incêndios em sólidos inflamáveis como madeira, papel e estofamento. Para apagar o fogo nesses materiais deve-se usar extintor de água ou espuma. 

Muito cuidado!

Muitas pessoas acham que podem usar o extintor de água em qualquer tipo de fogo, mas em muitos casos, a água potencializa o incêndio, tendo consequências graves. Por isso, lembre-se: o extintor de água (A) só pode ser usado quando o fogo foi causado nos materiais que citamos acima!

B

Esse tipo de extintor deve ser usado em líquidos e gases inflamáveis, como combustível e GLP. Nunca use extintor de água para apagar esses incêndios!

C

Esse extintor deve ser usado em incêndios de equipamentos elétricos como bobina, alternador, motor e cabos. Para apagar esse tipo de fogo deve-se usar extintores de pó químico, CO2 ou outros gases.

ABC

Esse extintor é próprio para os três casos que falamos anteriormente e é o tipo mais utilizado para apagar incêndios em veículos, já que é difícil identificar a origem do fogo nesses casos.

Agora que você já sabe quais são os tipos de extintores, vamos falar sobre o que você deve fazer antes de ter que usar o seu extintor automotivo:

1 – Guarde o extintor em um local de fácil acesso

O ideal é que o extintor seja guardado na parte dianteira do veículo, em um lugar de fácil acesso e em uma posição segura. Normalmente, ele é guardado embaixo do banco do motorista.

Lembre-se de tirá-lo do plástico, assim você evita problemas tentando abrir o extintor em meio a um incêndio.

2 – Faça o teste do suporte

Após encontrar um local adequado para guardar o seu extintor, você deve fazer um teste rápido, que consiste em colocar e tirar o extintor do suporte, para ver se há alguma dificuldade nesse processo.

3 – Confira a validade antes de usar

A data de validade vem impressa em um selo, no equipamento. Além da data de validade, também é possível saber se o seu extintor é certificado pelo Inmetro.

4 – Verifique o manômetro

Manômetro é o reloginho que fica localizado na parte de cima do extintor e serve para medir a pressão do conteúdo do interior. Para estar em boas condições de uso, o ponteiro deve estar sempre na marca verde.

5 – Verifique as condições gerais do extintor

Se o extintor estiver amassado, enferrujado ou com o lacre rompido é melhor que você não use.

Veja agora o passo a passo de como utilizar o extintor automotivo da forma correta!

Por mais que seja difícil, é necessário que você tente manter a calma e, em seguida, siga estes passos para apagar o fogo:

1 – Desligue o carro

Como você provavelmente não vai saber se o incêndio foi causado por um problema no motor ou na parte elétrica, é melhor desligar o carro. Assim, você evita que o fogo aumente.

2 – Abra uma parte do capô devagar

Como o fogo é alimentado por oxigênio, ao abrir o capô de uma vez, você aumentará a entrada de oxigênio no motor e fará com que o incêndio se alastre.

3 – Rompa o lacre do extintor e aperte o gatilho

Nesse primeiro momento, você deve jogar o conteúdo do extintor em direção à abertura parcial do capô.

4 – Assim que a chama diminuir, abra o capô totalmente

Nessa hora, você deve fazer movimentos parecidos com o de um leque, direcionando o jato para a base do incêndio e a favor do vento.

5 – Despeje todo o conteúdo restante no extintor

Como você não vai poder aproveitar o conteúdo que sobrou no extintor, o ideal é que você esvazie ele por inteiro, garantindo que você de fato apagou todos os vestígios de fogo.

Enfim, agora você já sabe como usar, guardar e escolher o extintor automotivo do seu veículo. Se tiver alguma dúvida ou sugestão, utilize os comentários do blog.

  • Compartilhe essa informação para um amigo, ela pode ser útil para ele também:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Fechar