Blog

Como saber se o veículo foi de leilão grátis? Veja aqui!

como saber se o carro foi de leilão

Comprar veículos de leilão pode não ser uma boa ideia, mesmo que eles tenham preços muito atrativos. Veja aqui tudo sobre leilão de veículos e como saber se o veículo foi de leilão grátis.

Neste texto você vai ver:

  • Como saber se o veículo foi de leilão grátis
  • O que é um veículo de leilão
  • Porque é importante saber se um veículo foi de leilão, antes de comprar
  • Como funciona a compra de veículos de leilão
  • Quais são as taxas cobradas no leilão
  • Como comprar veículos no leilão do Detran
  • Se é vantagem comprar veículos em leilão
  • Qual é a desvalorização de um veículo de leilão
  • Se os veículos de leilão têm garantia

Como saber se o veículo foi de leilão grátis?

Não há como saber se o veículo foi de leilão grátis!

Antes de entender um pouco mais sobre os veículos de leilão, é necessário que você saiba que não há a possibilidade de saber se o veículo foi de leilão, de forma gratuita. Atualmente, todas as consultas de leilão disponíveis são pagas.

No site da Olho no Carro, você pode fazer a consulta de leilão e ainda saber os dados cadastrais nacionais e estaduais do veículo, saber se ele tem risco de aceitação em seguros e se tem indício de sinistro.

Tudo isso por um custo/benefício que compensa!

Saiba se o veículo foi de leilão pela placa

O que é um veículo de leilão?

Um veículo de leilão é um carro ou moto que foi a leilão por algum desses motivos:

  • contém restrições judiciais e por isso foi disponibilizado para leilão por um banco ou instituição financeira
  • foi disponibilizado para leilão pela seguradora porque foi resgatado de roubo/furto ou acidente
  • faz parte da renovação de frotas de empresas

Por que é importante saber se um veículo foi de leilão, antes de comprar?

Primeiramente, os veículos de leilão não passam por nenhum tipo de vistoria, por isso, podem ter problemas graves que dificultam a sua recuperação e fazem com que a compra fique menos interessante. Isso porque, haverá um gasto muito alto no processo de compra de peças de reposição, em mão de obra especializada e nas recuperações superficiais e estéticas.

Além disso, esses veículos podem ter restrições e impedimentos que vão impedir que ele seja passado para o seu nome. 

Outro ponto desfavorável é que os veículos de leilão tem mais dificuldade de serem aceitos em seguros.

O que você acha de, além de saber se o veículo foi de leilão, ter acesso a todas as informações do histórico desse veículo, de um só vez? 

Com a consulta completa da Olho no Carro, você pode puxar pela placa, as informações de leilão, restrições e pendências, roubo e furto, adulteração de quilometragem e muito mais.

É muito mais segurança para você comprar um veículo usado, sem ter dor de cabeça!

Consulte o histórico completo do veículo apenas pela placa

Como funciona a compra de veículos em leilão?

Para comprar veículos em leilão, antes de tudo, você precisa saber se o leilão do qual você quer participar é regularizado. Porque, os leilões que não são legalizados, podem te trazer problemas com a Justiça futuramente. Um exemplo de leilão que é regularizado, é o leilão do Detran. 

Depois de se certificar da procedência do leilão, você vai ter que ler com atenção os editais e os catálogos dos lotes de veículo que serão leiloados. Normalmente, nesses documentos, é possível saber as características do veículo e as restrições que ele possui.

Uma das informações mais importantes para prestar atenção nesses catálogos, são as observações que dizem se os veículos são ou não são recuperáveis. Você deve evitar a compra de veículos não recuperáveis, porque eles demandam um alto custo de reparação e fazem com que a compra não compense, apesar dos preços baixos.

Depois de escolher os veículos do catálogo, você deve se dirigir ao local do leilão, ou se cadastrar no site do leilão online e dar os seus lances.

Quais são as taxas cobradas no leilão?

Não existe uma taxa padrão. Mas, em alguns leilões, além do valor do veículo você terá que pagar uma comissão ao leiloeiro, que é de cerca de 5% sobre o valor do carro ou da moto. Além disso terá que pagar uma parcela de despesas administrativas. Essa parcela é determinada pelos órgãos estaduais e depende do valor total negociado na compra. 

Como comprar veículos no leilão do Detran?

Para comprar um carro de leilão pelo Detran é necessário preencher um cadastro disponível no site do Detran do estado no qual você mora.

Como os sites do Detran não são padronizados, as páginas de cadastros e informações solicitadas podem ser diferentes de um estado para outro.

Normalmente, os dados solicitados para participar dos leilões são os dados cadastrais comuns como: nome, CPF e endereço.

É vantagem comprar veículos em leilão?

A principal vantagem de comprar veículos em leilão é o preço. Estes veículos chegam a ter o valor 50% menor do que os encontrados na Tabela FIPE. 

Uma outra vantagem é que, ao comprar em leilão, as dívidas de IPVA que o veículo possui são quitadas.

Além disso, nesse tipo de compra não é necessário fazer o registro e emplacamento, que seriam necessários na compra de um veículo novo e também não é preciso pagar a transferência, que seria necessária na compra de um veículo usado.

Qual é a desvalorização de um veículo de leilão?

Os veículos de leilão podem sofrer uma desvalorização no seu valor de mercado que chega a até 60%. 

Por isso, antes de comprar um carro usado, você deve fazer uma consulta da situação do veículo, completa, para saber sua procedência.

Saiba mais sobre como consultar a situação do veículo de forma gratuita e paga, nesse outro texto do nosso blog: consultar a situação do veículo online: saiba como fazer

Os veículos de leilão têm garantia?

No  artigo 18 do Código Brasileiro de Defesa do Consumidor, está escrito que qualquer vendedor é responsável por qualquer defeito no produto vendido. Desde que ele apareça no prazo de 90 dias a partir da data da compra. Nesse caso, o vendedor é obrigado a substituir o produto por outro em perfeitas condições, restituir a quantia paga ou dar um abatimento proporcional.

Mas, o que normalmente acontece nas negociações de leilão é que, as lojas ou vendedores, colocam uma observação no contrato de compra e venda, deixando claro que não se responsabilizam por eventuais danos ocorridos após a transferência do veículo.

Então, se você assinar um contrato com os devidos esclarecimentos do vendedor, não há amparo legal em caso de desistência ou danos.

Precisa de mais alguma informação sobre veículos de leilão? Escreva nos comentários.

  • Compartilhe essa informação para um amigo, ela pode ser útil para ele também:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Fechar