Blog

Como saber se um veículo tem arrendamento mercantil pela placa? Saiba tudo aqui!

Por estarem em propriedade de Bancos e financeiras, os veículos com arrendamento mercantil não podem ser transferidos para outro comprador. Veja como saber se um veículo tem arrendamento mercantil pela placa e evite fazer uma compra que vai te trazer problemas no futuro.

saber se um veículo tem restrições pela placa

O que é arrendamento mercantil?

Arrendamento mercantil de veículo, também conhecido como leasing, é um tipo de aluguel de carro ou moto em que há a possibilidade de compra do veículo após o período de carência, que normalmente é de cerca de 2 anos.

Fazem parte desse processo: o arrendador (Banco ou Instituição financeira que vai disponibilizar o carro para aluguel), o arrendatário (pessoa que vai alugar o veículo), o veículo (que é o bem que vai ser arrendado) e o fornecedor/vendedor que vai disponibilizar o veículo de acordo com o que for estipulado no contrato.

Lembrando que, as empresas arrendadoras devem ter a autorização do Banco Central do Brasil para poder operar.

Como funciona o arrendamento mercantil de veículo?

No processo de arrendamento de um veículo, um Banco ou Instituição financeira compra um carro de uma concessionária e depois disso, arrenda esse veículo para uma pessoa física ou jurídica.

Durante esse período, a arrendadora tem a propriedade total do carro e o arrendatário pode apenas usufruir dele mediante o pagamento das parcelas do aluguel. Sendo assim, o arrendatário não pode transferi-lo para outra pessoa enquanto estiver em um contrato de arrendamento, porque ele ainda não tem a propriedade desse veículo.

Apesar de ser um tipo de aluguel, o arrendamento é diferente do aluguel comum porque, ao final do tempo de contrato, o arrendatário pode optar por comprar o carro ou a moto que estava alugando.

O que é um veículo com arrendamento mercantil?

Levando em consideração as explicações dadas até agora, um veículo com arrendamento mercantil é um carro ou moto que tenha sido alugado por meio de um contrato de leasing. Ou seja, é um veículo que ainda não é da propriedade da pessoa que está usufruindo dele e, portanto, não pode ser transferido para um outro comprador. 

Por isso, antes de comprar um veículo usado, o ideal é saber se ele tem algum tipo de alienação que o impeça de ser transferido para o seu nome.

Saber se um veículo tem arrendamento mercantil pela placa

Como saber se um veículo tem arrendamento mercantil pela placa? 

Para saber se um veículo tem arrendamento mercantil pela placa, é só fazer a consulta completa da Olho no Carro. Com ela, além de ter acesso a essa informação, você vai poder saber se o veículo tem débitos e multas, passagem por leilão, histórico de roubo e furto, adulteração de quilometragem, recall e muito mais. É muita informação por um preço bem acessível e você só precisa saber a placa do carro!

E aí, não acha melhor fazer uma consulta completa do veículo e conhecer seu histórico?

saber o histórico completo de um veículo e se ele tem arrendamento mercantil, apenas pela placa

O arrendatário é responsável pela multa dos veículos arrendados?

Sim! Apesar de não ter a propriedade do veículo, a pessoa que aluga um carro ou moto por meio de um contrato de arrendamento, é responsável pelas multas e infrações cometidas durante esse período. 

Em caso de remoção do veículo por causa de infração, o arrendatário também deve arcar com os custos de remoção, as taxas administrativas e os demais custos relacionados.

O que acontece se o arrendatário não pagar corretamente as parcelas do contrato de arrendamento?

Em caso de inadimplência, a arrendadora tem o direito de pegar o veículo de volta. Além disso, pode cobrar multa de 2% por atraso de pagamento, juros de mora de 1% ao mês, além de uma comissão de permanência.

Qual é a diferença entre arrendamento mercantil e financiamento?

O arrendamento mercantil é um processo de parcelamento do valor total de um veículo em que a propriedade não é transferida de imediato. Essa propriedade fica com o Banco ou Instituição financeira até o final do contrato e, somente depois desse período, o carro ou a moto podem ser comprados pelo arrendatário.

No financiamento, o carro é comprado por uma pessoa física ou jurídica e transferido para o nome dela desde o início. Além disso, é cobrada uma taxa de entrada, ou seja, não é possível fazer o parcelamento do valor total do veículo. Mas, há a possibilidade fazer a transferência do veículo e das parcelas do financiamento para um outro comprador.

Quais são os tipos de arrendamento mercantil de veículo?

Atualmente, existem dois tipos de arrendamento mercantil para pessoas físicas: 

Leasing operacional

Nesse tipo de arrendamento, o arrendador é responsável pelos custos de manutenção do veículo e o arrendatário pode desfazer o acordo no período de 90 dias a partir do início do contrato. Essa desistência do contrato só pode ser feita por meio de um aviso prévio para a empresa arrendadora.

Leasing financeiro

Esse é o arrendamento do qual falamos até o momento. Ele é semelhante a um aluguel e tem a possibilidade de compra do veículo após o final do contrato. O valor de compra do veículo pode ser baseado na Tabela FIPE ou no VRG que foi estabelecido previamente.

O que é Valor Residual Garantido (VRG)?

Em todo contrato de arrendamento, é estipulado qual vai ser o valor mínimo que será recebido pela empresa arrendadora na venda do veículo para terceiros (em caso da devolução após o contrato). Isso é como se fosse uma garantia para a arrendadora, que deve ser paga juntamente com as parcelas do contrato de arrendamento. A esse valor de garantia se dá o nome de Valor Residual Garantido (VRG). 

Esse valor, pode ser incluído nas parcelas mensais, dado como entrada ou pago ao final do contrato. Isso fica a critério das partes interessadas no processo de leasing. 

Se o arrendatário quiser cancelar o contrato de arrendamento, seja por inadimplência ou opção, deve negociar a devolução do VRG que já foi pago, caso ele tenha sido pago como entrada ou nas parcelas do aluguel.

Quais são as vantagens do arrendamento mercantil de veículo?

Por não ser considerado um empréstimo, o arrendamento mercantil de veículo não tem taxa IOF (Imposto sobre Operações Financeiras). As taxas de juros também são bem menores, o que torna o valor do carro ou da moto bem mais atrativo.

O leasing também permite o parcelamento do valor total do veículo, o que é interessante para quem não tem a possibilidade de pagar o valor de entrada que é exigido nos financiamentos.

Pode-se colocar como outra vantagem, a aprovação de crédito mais rápida, já que o carro está registrado como propriedade de um Banco ou Instituição financeira. O que se torna uma garantia de pagamento

Além disso, caso o objetivo seja trocar de carro com frequência, o leasing pode ser interessante, visto que, o carro pode ser devolvido após o período de contrato e pode-se iniciar um novo contrato de arrendamento com um veículo diferente. Lembrando que há uma carência mínima de 2 anos por contrato.

E quais são as desvantagens?

Como o arrendatário não tem a propriedade do veículo durante o processo de leasing, ele fica impedido de realizar a transferência desse veículo para terceiros. Portanto, não pode repassar o restante das parcelas a um outro comprador, como acontece no caso de financiamento.

Além disso, o arrendador tem muito mais facilidade de retirar o carro do arrendatário em caso de inadimplência.

Então, ao escolher fazer um arrendamento, você deve levar em consideração não só o valor das parcelas, mas também os custos com revisões, gasolina e demais custos do carro e avaliar se tem condições de arcar com as mensalidades sem correr risco de ficar inadimplente.

Em resumo, essas são as principais informações sobre arrendamento mercantil e como fazer para saber se um veículo tem arrendamento mercantil pela placa. 

Tem mais alguma dúvida ou quer deixar uma sugestão? Escreva pra gente nos comentários do blog.

  • Compartilhe essa informação para um amigo, ela pode ser útil para ele também:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Fechar