Blog

Desconfiou da quilometragem? Veja como saber qual a quilometragem real do veículo

Odômetro alterado

A adulteração de quilometragem é uma ação bastante frequente no mercado de veículos usados e nem sempre é fácil de ser identificada. Por isso, neste texto, vamos te dar algumas dicas de como saber qual a quilometragem real do veículo.

Mas, antes de continuar, você sabia que é possível saber qual a quilometragem original do veículo, online e apenas pela placa?

A Olho no Carro é uma empresa que disponibiliza consultas a informações de histórico de quilometragem, para ajudar seus clientes a identificar qualquer alteração que pode ter sido feita em um veículo, antes de comprar. Além disso, você poderá checar o histórico do veículo, a fim de identificar se o mesmo possui restrições, gravame, leilão entre outras situações que diminuem o seu valor de mercado.

Um das maiores preocupações na hora de se adquirir um carro usado ou seminovo é: qual a quilometragem? Como saber se o hodômetro foi adulterado?

Hoje os carros estão cada vez mais modernos e tecnológicos, o que faz com que eles consigam rodar muitos quilômetros sem apresentar grandes problemas. Por isso, o mercado aceita bem carros que já rodaram em média 15.000 quilômetros por ano. 

Porém, diferente da crença popular, o número no velocímetro não define se um carro está ou não em boas condições. É por conta dessa ideia errada que muito vendedores adulteram esse número – de uma forma criminosa – para que pareça que o carro andou menos do que ele realmente rodou e a venda seja mais fácil. E, apesar de haver algumas técnicas que permitem desconfiar da quilometragem do veículo, a melhor forma de ter certeza da procedência do carro antes de comprar, é checar o histórico do veículo.

Mas, antes de te explicar como checar o histórico do veículo pela placa, vamos te ensinar algumas formas de identificar uma possível adulteração de quilometragem no carro.

Para saber se a quilometragem foi adulterada existem alguns macetes:

1 – Verificar todos os carimbos de manutenções e revisões

Você deve checar as manutenções e revisões que foram realizadas na concessionária e comparar os números para ver se eles correspondem com a quilometragem mostrada no velocímetro.

2 – Observar se existem marcas no painel

Essas marcas precisam aparentar que o mesmo foi desmontado e são fáceis de serem percebidas, pois na maioria dos casos ficam bastante evidentes. Isso com relação aos painéis analógicos, dos carros mais antigos. Pois, os painéis digitais não deixam marcas evidentes de adulteração, visto que a alteração de quilometragem do veículo é feita via software.

Então, nesses casos, para confirmar qual a quilometragem original, você deve checar o histórico do veículo, pela placa.

Se quiser fazer agora a nossa consulta completa, clique aqui.

3 – Analisar o desgaste do volante, do banco e dos pedais 

O desgaste excessivo nessas partes do carro pode indicar que ele foi mais utilizado do que o número da quilometragem mostra.

Carros com 50.000 km tem pouco desgaste. Com 100.000 km o desgaste já é mais aparente, porém ainda não é muito evidente. E, acima de 100.000 as partes metálicas já começam a ficar a vista e o volante mais liso.

Tanto a parte interna quando a externa demonstram se o carro foi ou não usado por mais tempo do que o velocímetro sugere. Prestar atenção nos detalhes é essencial para conseguir perceber uma adulteração.

Como decidir se a compra é boa?

Conforme falamos no artigo “Qual a quilometragem recomendada para um carro seminovo ou usado?” (clique aqui para ler), há 3 etapas indispensáveis:

  1. Observe quilometragem recomendada para um carro seminovo ou usado que explicamos neste artigo
  2. Não se esqueça de checar o histórico do veículo para verificar se a quilometragem bate com a que está no hodômetro. Clique aqui para o fazer a consulta e saber mais.
  3. Atenção aos sinais que detectam alteração de hodômetro

Se o carro de seu interesse passar por esta 3 etapas, no quesito quilometragem ele estará aprovado!

  • Compartilhe essa informação para um amigo, ela pode ser útil para ele também:

2
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Olho no CarroAndré Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
André
Visitante
André

Olhar semana/ano de fabricação dos pneus ajuda muito, todos vem com essa informação na lateral, se caso for comprar um carro que no anúncio informa estar com 30.000 km o carro dever possuir pelo menos quatro pneus de fábrica. Uma vez fui ver um anúncio de um celta 2012 com 20.000 km e chegando lá observei que os quatro pneus eram do ano de 2013. E preciso ficar atento.

Fechar