Blog

Moto Scooter: 6 dúvidas mais comuns + 3 dicas para pilotar!

moto Scooter saiba mais

Está pensando em comprar uma moto Scooter? Então, leia este texto e saiba quais são as 6 principais dúvidas sobre esse tipo de moto e se vale a pena comprar. Veja também 3 dicas de como pilotar com mais segurança.

Seja uma moto Scooter ou convencional, ao comprar motos usadas não se esqueça de consultar o histórico!

As motos usadas podem ter passagem por leilão, sinistro, histórico de roubo e furto e muitas outras situações que diminuem o seu valor de mercado.

As 6 dúvidas mais comuns sobre moto Scooter:

1 – Preciso de habilitação A para dirigir essa moto?

Sim! A moto Scooter é como qualquer outra moto. Sendo assim, para que você possa pilotá-la, você deve ter a habilitação da categoria correta, que no caso é a categoria A.

Inclusive, dirigir um ciclomotor sem ter a habilitação correta, gera uma multa gravíssima com fator multiplicador 3. Ou seja, você vai pagar 3 vezes o valor de uma multa gravíssima, que é R$ 293,47. Sendo assim, o valor total a ser pago, vai ser R$ 880,41.

Além disso, desde agosto de 2015, é necessário fazer o registro e licenciamento das motos 50cc junto ao Detran.

2 – Qual é a diferença de pilotagem entre a Scooter e uma moto convencional?

Quando comparadas às motos tradicionais, as Scooters são consideradas mais confortáveis, visto que, é mais fácil de descer e subir desse tipo de moto, além de evitar sujar os pés e pernas com sujeiras e respingos do caminho.

Outra diferença entre a Scooter e a moto tradicional é a frenagem. Isso porque, na moto Scooter deve-se usar os dois freios ao mesmo tempo. 

Ao contrário das outras motos, na Scooter usa-se os freios traseiros com mais intensidade, pois a distribuição de força é maior no eixo traseiro.

3 – As motos Scooter são mais seguras?

Sim! Principalmente nos dias de chuva. Isso porque, o escudo frontal rebate o vento e os respingos de chuva. Além disso, os pés e as pernas ficam bem mais protegidos, o que dá dá mais segurança no caso de pequenos acidentes.

4 – É possível personalizar esse tipo de moto?

Sim! Inclusive, esse é um dos principais charmes das Scooter. É possível personalizar as cores, aplicar estampas, trocar bancos e demais peças da moto e deixá-la da forma que você preferir.

5 – Esse tipo de moto é bom para andar na estrada?

A moto Scooter foi criada para ser usada nas cidades. Por isso, ela não é uma moto recomendada para quem precisa pegar a estrada com frequência. Visto que, ela não atinge níveis de potência e velocidade que permitam percorrer grandes distâncias. A essência da Scooter é ser uma moto urbana. 

Recentemente, fizemos um texto em que falamos sobre as motos estradeiras, que são as motos ideais para quem precisa percorrer longas distâncias de forma confortável. Clique aqui para ler!

6 – As Scooter Motorino são automáticas?

Sim! Para quem quer conforto para andar nas cidades, a Scooter Motorino é a melhor opção. Basta acelerar e curtir o passeio.

Veja agora 3 dicas para pilotar uma moto Scooter com mais segurança:

1 – Tenha cuidado com os buracos

As rodas na moto Scooter são bem menores do que a das motos convencionais. E, por mais que isso traga mais agilidade nas manobras feitas pela cidade, também faz com que o cuidado com os buracos deva ser bem maior.

Em alguns casos, os buracos das ruas podem ser do tamanho da roda da Scooter. Então, tome cuidado!

2 – Fique atento nas curvas

A roda menor da Scooter dificulta as curvas. Por isso, os ângulos das curvas com esse tipo de moto devem ser menos agressivos. Ou seja, você não deve inclinar muito o seu corpo.

Essa talvez seja a maior diferença na moto Scooter para uma moto convencional e, se você está acostumado a pilotar motos comuns, essa será uma das maiores dificuldades de adaptação. 

Vale lembrar aqui, que a moto Scooter não é uma moto de velocidade e performance. Ela é uma espécie de moto de passeio. Então, o ideal é que você tenha calma ao pilotar.

3 – Utilize os freios na descida

Atualmente, a maioria das Scooter tem câmbio automático. O que traz muito mais conforto e segurança, já que, não é necessário trocar a marcha constantemente.

Porém, é necessário tomar um certo cuidado nas descidas, já que esse tipo de moto não tem o freio motor dos câmbios manuais. Sendo assim, você deve ficar sempre com as mãos no freio nas descidas e, quando possível, contar com equipamentos de segurança como ABS e CBS. 

E aí, o que você achou das motos Scooter? Se está pensando em ter uma moto usada, não se esqueça de consultar o histórico ok? Faça agora a consulta da Olho no Carro!

  • Compartilhe essa informação para um amigo, ela pode ser útil para ele também:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Fechar