Blog

O que é CRLV, e qual a diferença entre CRV e CRLV?

CRLV

O CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos), também é conhecido como licenciamento, de porte obrigatório é o que concede o direito de circulação do veículo em vias públicas e particulares.

Esse documento é emitido anualmente após o pagamento das taxas, impostos, tributos estaduais, como o IPVA, DPVAT e multas por exemplo.

Qual a diferença de CRLV e CRV?

CRLV é o documento que diz que o veículo tem permissão e condição de circular. O CRV é o documento que diz quais são as “características físicas” do veículo (cor, ano, modelo, renavam, placa, espécie, combustível, etc..)

O CRV (Cerificado de Registro de Veículos) é entregue no emplacamento do veículo, juntamente com o Renavam, Nome e Endereço do Proprietário, CPF ou CNPJ, UF, Chassi entre outros dados principais. O antigo nome do CRV é DUT. Em alguns estados ainda se usa essa nomenclatura.

Este é o principal documento e o que deve ser modificado/preenchido caso o veículo possua alguma alteração ou por exemplo em uma venda, será nele que constará a passagem de propriedade.

Leia também: Como consultar o Renavam pela placa

O CRLV é de porte obrigatório!

O CRLV , mais conhecido como o licenciamento do veículo, é o documento de porte obrigatório e que por exemplo é exibido em caso de uma blitz policial. Este documento, o licenciamento, é pago. Todo ano o proprietário recebe o boleto para pagamento, juntamente com o DPVAT (veja aqui o que é esse seguro obrigatório).  

Nele também constarão os principais dados do veículo, porém diferentemente do CRV, em caso de uma venda ou de um novo licenciamento, este documento perde valor, e é emitido um novo.

Como funciona o CRLV digital?

Esse documento começou a ser utilizado no mês de Agosto de 2018 no Distrito Federal, assim como as novas placas do Mercosul, essa tecnologia deve ser utilizada em todos os estados.

Confira aqui a lista dos estados que já aderiram ao CRLV digital

Este documento tem o mesmo valor do CRLV, que continua sendo de emissão obrigatória, ou seja, a emissão física, independente da versão digital, continua a ser realizada.

Este documento ficará disponível no aplicativo Carteira Digital de Transito, neste app também é possível visualizar a CNH Digital.

Onde posso realizar o pagamento do licenciamento do veículo?

Como explicamos acima, o pagamento do CRLV é anual e obrigatório (como o IPVA e DPVAT). O proprietário recebe o boleto em casa e o valor fica entre R$50 e R$100 e a data de pagamento varia de estado para estado.

O pagamento do licenciamento pode ser realizado diretamente nos bancos que possuem convenio o DETRAN de seu Estado. Também pode ser pago em Poupatempo ou nos Correios.

É bem fácil encontrar um meio de pagar pelo licenciamento e se você tiver pouca disponibilidade de tempo. Basta fazer online, acessando o site do Renavam.

Lembre-se que para a realização do licenciamento do veículo deverão ser pagos:

• Todas as multas do veículo
• Seguro obrigatório DPVAT
• Taxa de Renovação
IPVA

Quero vender o veículo. Como preencher o CRV (recibo de venda) do veículo? E o CRLV?

Como falamos acima, ao dirigir o seu veículo, precisa portar sempre o seu CRLV. Entretanto, ele também é importante para negociar a venda do seu automóvel.

O veículo que não possui o CRLV em dia não pode ser negociado!

Não é possível ser realizada a transferência de proprietário se houver pendências quanto ao licenciamento do veículo. Tanto débitos relacionados ao CRLV quanto as multas precisam ser quitados antes de transferir o carro ou a moto.

Com o CRLV em mãos e quitado, o novo proprietário deve dirigir-se aos bancos conveniados para pagar a taxa referente à emissão do novo Certificado de Registro do Veículo (CRV). 

Não entregue o CRV em branco para o comprador, nem para despachantes. Preencha você mesmo, assine e providencie o reconhecimento de firma em cartório. Só assim o novo proprietário consegue emitir novo licenciamento.

Atente-se para o preenchimento correto do CRV, neles deverão constar:

• Valor da venda
• Nome do Comprador
• RG
• CPF ou CNPJ
• Endereço
• Local e Data
• E assinatura do comprador e vendedor

Quem vende o veículo também é obrigado a realizar a comunicação da venda ao Detran!

Entre no detran de seu estado para saber como ele aceita essa comunicação. Alguns estados é feito diretamento do cartório, em outros pode ser feito online.

Os documentos necessários para a transferência são:

  • CRV preenchido e assinado pelo antigo dono, com firma reconhecida em cartório
  • CRLV Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (original e cópia)
  • RG, CPF do novo proprietário (original e cópia)
  • Comprovante de endereço do novo proprietário (original e cópia, com data de até três meses anteriores)
  • Duas vias do formulário do RENAVAM, que deve ser solicitado nos Detrans de cada Estado – a maioria está disponível nos respectivos sites. Em alguns casos, como no atendimento em algumas unidades do Detran em São Paulo, o preenchimento é feito pelo próprio atendente do Detran.
  • Dois decalques do chassi do veículo
  • Comprovante dos pagamentos da taxa de emissão da nova CRV e, se houver, dos demais débitos.

Lembre-se que caso a transferência esteja sendo feita entre proprietários residentes em municípios diferentes, será necessária a realização de uma vistoria e o novo emplacamento do veículo, demandando o recolhimento das respectivas taxas para realizar a transferência. 

Antes de comprar um carro novo, consulte a situação do veículo

Identifique restrições e débitos facilmente, apenas com a placa do carro. É o melhor jeito, e mais barato, de evitar dor de cabeça com documentação.

Gravame, indício de sinistro, passagem por leilão, histórico de quilometragem, aceitação em seguro, débitos e multas, recall e muito mais informações.

Quer ver se detecta restrições do veículo?

Leia também: Seguro de carro usado e novo: qual a diferença?

  • Compartilhe essa informação para um amigo, ela pode ser útil para ele também:

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] seja neste caso o bem é colocado como garantia de pagamento desta divida. O documento do veículo (CRLV) fica em nome do proprietário do veículo porém é inserida a informação de Alienação […]

Fechar