Blog

Refinanciamento de veículo: como funciona? Vale a pena?

saiba o que é e como funciona o refinanciamento de veículo

Você quer fazer um refinanciamento de veículo? Então, veja aqui como funciona e se realmente vale a pena.

Como funciona o refinanciamento de veículo?

Primeiramente, para poder refinanciar o seu veículo, é necessário que você encontre uma empresa financeira que preste esse tipo de serviço.

Além disso, você deve garantir que os documentos do veículo estejam regularizados, sem pendências como multas e IPVA.

É importante lembrar que, para optar pelo refinanciamento do veículo, você deve estar seguro de que terá a possibilidade de quitar as parcelas em dia. Pois, após ter sido feito o processo, o carro ficará na posse do banco ou instituição financeira e a falta de pagamentos das parcelas poderá levar à apreensão do veículo.

Leia também: como saber se o veículo está quitado

Refinanciar o carro vale a pena?

Você tem disponibilidade de pagar as parcelas do contrato? Você está precisando de dinheiro agora? Então, a resposta é sim.

Isso porque, o refinanciamento possui taxas de juros menores do que a de outras tipos de empréstimo, como o empréstimo pessoal, por exemplo.

Mas, para que você consiga de fato esses juros mais atrativos, é importante pesquisar bem as instituições financeiras e fazer um comparativo entre elas.

Com esse tipo de empréstimo é possível conseguir dinheiro de forma rápida, pagando uma taxa de juros baixa, o que pode te ajudar a quitar suas dívidas pessoais. Porém, o refinanciamento não pode ser entendido como a solução de todos os seus problemas financeiros. Você só deve optar por essa modalidade se de fato puder arcar com os custos mensais.

Para te ajudar a decidir se o refinanciamento de veículo é bom para você, vamos te dar algumas dicas:

  • Se você tem algum tipo de dívida sem a possibilidade de pagamento imediato, você pode optar pelo refinanciamento para te ajudar a quitar essa pendência
  • Para valer a pena, você tem que se comprometer a gastar o dinheiro conseguido por esse tipo de empréstimo para realmente pagar as suas dívidas, se não, ele não vai passar de uma nova dívida financeira

Como fazer a negociação do refinanciamento de forma correta?

  • Pesquise qual é a taxa de abertura de crédito de cada financiadora, pois ela pode ser alta e comprometer o valor total do empréstimo
  • Avalie a taxa de juros aplicada. Isso porque, os juros compostos quando aplicados a longo prazo tornam o empréstimo menos interessante
  • Fique atento às tarifas que são cobradas a mais e vem embutidas no valor total do refinanciamento
  • Não se prenda apenas ao valor mensal que você terá que pagar. Faça uma avaliação do valor total que você irá receber e o quanto você terá que pagar até o final do contrato

Importante: para fazer esse tipo de empréstimo, procure por empresas financiadoras confiáveis!

Quando o assunto é dinheiro, sempre há oportunistas e golpistas esperando a melhor oportunidade para se aproveitar da sua necessidade. 

Por isso, pesquise o histórico da empresa, a opinião de pessoas que já fizeram esse tipo de empréstimo com ela, faça a pesquisa do CNPJ. Ou seja, busque se proteger para evitar um problema maior no futuro.

E, mesmo que a financiadora pareça ser confiável, sempre mantenha um pé atrás e preste atenção nos contratos e propostas. 

Algumas empresas não são necessariamente golpistas, mas podem se aproveitar da sua falta de atenção para tirar vantagens. Por exemplo: podem avaliar o seu carro por um preço abaixo do que o encontrado na Tabela FIPE ou exigir que, para conseguir fazer o refinanciamento, você compre algum outro tipo de serviço, como um seguro.

Inclusive, essa última situação é proibida por lei, pois configura uma prática de venda casada.

Enfim, essas são as principais informações sobre o refinanciamento de veículos. Ainda tem alguma dúvida? Então, escreva pra gente nos comentários.

  • Compartilhe essa informação para um amigo, ela pode ser útil para ele também:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Fechar