Blog

Descubra agora se o veículo possui sinistro e evite prejuízos

como saber se o carro possui sinistro

Quer saber se o veículo possui sinistro? Na hora de comprar um veículo usado ou seminovo é preciso tomar alguns cuidados em relação ao seu histórico e detectar possível sinistro desse carro ou moto.

Qual a probabilidade desse carro ser sinistrado?

Infelizmente alta! Moradores de grandes cidades, como é o caso de São Paulo, sabem muito bem a triste realidade do número de sinistros – as famosas batidas – de veículos: diariamente. Em síntese, milhares de carros e motos sofrem com roubos e furtos, vidros quebrados e outras avarias que deixam qualquer proprietário de orelha em pé.

Outro dado não tão feliz desse mercado automotivo, é que muitos veículos que passam por sinistros, acabam sendo “adulterados” e voltam ao mercado para recompra. Por isso, é muito importante que antes de efetuar uma nova aquisição, o cliente pesquise a fundo o histórico do carro. Dessa forma, se for o caso, identifique possíveis sinistros.

Em suma, é importante ficar atento! Logo, ao comprar um carro ou moto, tomar as precauções para descobrir se o veículo possui sinistro (se o carro foi batido).

Como descobrir se o veículo possui sinistro?

Se você pretende adquirir um veículo semi-novo ou usado, você deve fazer uma inspeção em busca de indícios de problemas que afetem a vida útil.

Uma das principais preocupações de se comprar e o veículo que possui sinistro, ou seja, se já passou por algum tipo de batida, é descobrir que gravidade de dano ele teve. Além disso, se necessitou do amparo da seguradora. O sinistro diminui o valor do carro e pode causar danos irreversíveis.

Dessa forma, preste atenção na check-list que vamos citar abaixo neste artigo! Levar um mecânico de confiança na visita é sempre uma boa ideia.

1 – Cheque se há falhas na pintura

O grande indício dos carros sinistrados é em relação a uma nova pintura. Geralmente as funilarias não conseguem chegar numa tonalidade idêntica à original do veículo. A parte repintada pode ficar mais opaca, mais áspera, diferente de uma pintura mais brilhante e lisa, como a original.

Primeiramente, para identificar a ocorrência de acidentes, faça uma vistoria na pintura com o carro seco e limpo. Fique atento aos detalhes! Tente encontrar riscos, pequenos amassados na lateria, irregularidades no alinhamento de portas, capôs e porta-malas e nos tons da pintura.

2- Faça uma Consulta Veicular

Antes de fechar o negócio, faça uma consulta veicular na Olho no Carro (clique aqui para fazer)  para saber todo o histórico do veículo. Na Olho no Carro a consulta é fácil porque apenas com a placa do carro é possível descobrir se o veiculo possui sinistro.

Não só consegue saber se o veículo sofreu sinistro, como se já foi roubado, aceitação em seguradora, se já teve todo o financiamento pago (veja mais sobre situação de gravame aqui), multas, dentre outras entre outras ocorrências, débitos e restrições. Só pelo custo-benefício de se fazer uma compra tão cara de forma segura, vale a pena.

Você vai se surpreender com a facilidade e o valor! Quer saber quanto é, e tudo o que se pode puxar pela placa além do sinistro?

descobrir se o carro tem sinistro

3 – Avalie minuciosamente a conservação

Paralelamente, dica é avaliar o estado de conservação do automóvel motor e parte mecânica antes de fechar negócio. Veja se há emendas, se o número do chassi bate com o documento, e se for o caso, peça auxílio de um mecânico de confiança.

Alguns acidentes podem danificar o veículo, causar problemas mecânicos e estruturais, ao ponto de desvalorizá-lo. Há casos que o carro fica totalmente remendado e com problemas que são impossíveis de serem arrumados na questão de alinhamento e balanceamento, sem contar as infiltrações e falhas na parte mecânica.

Vale ressaltar que o fato de carro ser sinistrado, não necessariamente, é um problema. Às vezes, o conserto é tão bem feito que o resultado final fica imperceptível. De qualquer forma essa ocorrência precisa ser informada e ser considerada no momento da aquisição.

4-Preço como indício

Desconfie de veículos com preço muito abaixo do valor de mercado. Afinal, não é incomum que esses modelos sejam vendidos por cerca de 20 ou 30% mais barato. É essencial que o comprador esteja ciente de que está comprando um veículo nessas condições para não ter uma surpresa negativa depois da compra ou na hora de revender.

cjeito facil saber se o carro tem sinistro pela placa

Carro com sinistro é muito ruim?

Dessa forma, vale lembrar que o carro ter sinistro não é algo totalmente ruim, desde que o comprador esteja ciente disso no ato da compra. Futuramente, carros sinistrados podem sofrer problemas e avarias que o novo proprietário (e seu bolso) não contavam.

Itens como alinhamento e balanceamento, infiltrações ou falhas mecânicas também podem indicar se o veículo possui sinistro. Consequentemente, são as partes em que podem surgir os problemas mecânicos.

Mas se o dano não for grave e o preço estiver bom, vale a sua atenção!

Já comprei o carro, fiz a consulta e vi que ele é sinistrado! E agora?

Se você comprou um veículo e foi enganado pelo vendedor quanto à não clareza que o veículo era sinistrado: você tem todo direito de procurar seu advogado. Oriente-se para fazer uma ação judicial contra quem vendeu para você, seja venda via concessionária ou venda entre “camaradas”. O caso é mais grave se o veículo foi recuperado de um acidente grave e você não foi informado antes da compra.

Antes de mais nada, tente conversar e negociar um consenso com o vendedor. Mas, caso ele se negue, você tem todo o direito de pedir o dinheiro de volta judicialmente!

Se você quer vender um veículo possui sinistro, e for questionado pelo interessado em comprar, seja justo e abra o jogo. Sua sinceridade vai ser recompensada pela confiança do possível comprador, principalmente se você souber explicar o valor do carro. Os ajustes que foram feitos, as peças trocadas, como o carro foi batido… De modo que mostre que o veículo é bom apesar do sinistro. Sem contar que você, por lei, tem que dar garantia do que vende.

Já comprou o carro e quer consultar?

situação carro com sinistro pela

Atenção: Revender veículos sinistrados não é ilegal. Esse veículo pode até sofre baixa depreciação de mercado, se apresentar boas condições físicas (acabamentos) e técnicas (motores e equipamentos).

Mas, de qualquer forma, é importante que o vendedor sinalize o sinistro do carro e você faça uma compra consciente. Caso você faça a consulta (clique aqui para fazer) e descubra que o carro foi sinistrado, desconfie! Algo mais grave pode ter por trás.

Ler também: Qual a quilometragem recomendada para um carro seminovo ou usado?

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] não significa necessariamente uma fraude, mas um alerta. Tente descobrir se houve perda de placas, acidentes ou transferência de outro […]

trackback

[…] costuma custar menos de 0,1% do valor de um carro popular, mas uma compra mal sucedida por trazer prejuízos muito […]

Fechar