Blog

Tipos de chassi: conheça os 4 tipos principais!

quais são os tipos de chassi de veículos

O chassi é como se fosse o esqueleto do veículo, que interfere na segurança e durabilidade do veículo. Existem 4 tipos de chassi que são os mais comuns. Saiba mais neste texto.

Você sabia que é possível puxar todo o histórico do veículo pelo número do chassi?

É possível ter acesso a informações sobre chassi remarcado, roubo e furto, sinistro e muito mais. Assim, você pode ficar mais tranquilo na hora de comprar o seu carro usado.

Os 4 principais tipos de chassi:

1 – Monobloco / Monobloco estruturado

Como o próprio nome sugere, esse tipo de chassi é constituído por um bloco único, que agrega algumas parte do veículo como, por exemplo, capô e assoalho.

Os materiais mais utilizados para a produção do chassi monobloco são: aço, alumínio, fibra de carbono e Kevlar. Além disso, atualmente, estão sendo fabricados chassis de magnésio e materiais compostos (uma mistura de alumínio e fibra de carbono e Kevlar e fibra de carbono.

Normalmente, para unir as peças do carro ao chassi, é utilizada a solda. Porém, hoje em dia, alguns pontos do chassi são colados com colas industriais.

Uma das vantagens desse tipo de chassi é a modularidade. Ou seja, é possível construir vários perfis para a mesma estrutura. É possível aumentar a resistência em algumas áreas, criar modelos com novas dimensões ou novos modelos a partir de uma mesma base.

Mas, qual é a diferença entre chassi monobloco e monobloco estruturado?

O monobloco estruturado, também conhecido como chassi de treliça, é construído de uma forma que faz com que somente a estrutura do veículo faça parte do chassi. Sendo assim, a lataria e outras partes do veículo são fixadas depois.

A vantagem desse tipo de chassi é que ele diminui o peso da estrutura e oferecer mais rigidez e resistência a colisões. Por isso, esse tipo de chassi é muito utilizado em carros de corrida.

2 – Chassi de túnel central

Esse chassi também pode ser chamado de chassi em Y. Nesse caso, o chassi é constituído de uma estrutura central, que vai receber a maior parte do impacto. Além disso, ele tem complementos de sustentação para suspensões e conjunto de força.

Normalmente, a estrutura do chassi de túnel central é feita de aço ou alumínio e esse tipo de chassi é utilizado apenas em veículos de passeio. Isso porque, a sua rigidez de torção não é muito elevada.

Um dos carros mais conhecidos, que tem esse tipo de chassi é o Fusca.

3 – Chassi de longarinas

Esse chassi é constituído por duas vigas de perfil em U, que são colocadas paralelamente e ligadas uma à outra por meio de barras, com diferentes perfis. Essas barras dão a sustentação a diversas partes do veículo.

Os chassi monobloco também possuem longarinas, a diferença, é que no chassi monobloco, as longarinas não são as únicas responsáveis pela sustentação.

O chassi de longarinas é utilizado em veículos utilitários pesados e veículos rodoviários. Isso porque, ele é fácil de ser montado em diferentes tipos de carroceria. Além disso, o custo/benefício para a produção compensa, devido à capacidade de transporte de carga que esse tipo de chassi proporciona.

4 – Subchassi

O subchassi pode ser conhecido como agregado, quadro de suspensão ou quadro de motor.

Esse tipo de chassi é utilizado principalmente em veículos que possuem chassi monobloco, embora algumas outras construções de chassi também possam utilizá-lo.

Na maioria das vezes, é fabricado com chapas de aço, mas, em alguns veículos sofisticados, é produzida com alumínio.

O subchassi serve para ancorar o trem motor e/ou as suspensões do veículo e a fixação no chassi é feita por meio de parafusos de alta resistência.

Agora, você já sabe quais são os principais tipos de chassi. Ficou com alguma dúvida ou tem alguma sugestão? Então, escreva aí nos comentários do blog.

  • Compartilhe essa informação para um amigo, ela pode ser útil para ele também:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Fechar